As redes sociais estão sendo cada vez mais utilizadas pelos nutricionistas para divulgar seu trabalho, porém, algumas normatizações colocadas pelo Código de Ética do Nutricionista, publicado pelo Conselho Federal de Nutricionistas em 2018 devem ser levadas em conta.

O Código de Ética e de Conduta do Nutricionista é um instrumento delineador da atuação profissional. Seus princípios, responsabilidades, direitos e deveres devem ser reconhecidos como o cerne da prática diária em todas as áreas da Nutrição.

É direito do nutricionista divulgar sua qualificação profissional, técnicas, métodos, protocolos, diretrizes, benefícios de uma alimentação para indivíduos ou coletividades saudáveis ou em situações de agravos à saúde, bem como dados de pesquisa fruto do seu trabalho, desde que autorizado por escrito pelos pesquisados, respeitando o pudor, a privacidade e a intimidade própria e de terceiros.

PERANTE A VISÃO ÉTICA, QUAIS SÃO OS DEVERES DO NUTRICIONISTA?

 

É dever do nutricionista, ao compartilhar informações sobre alimentação e nutrição nos diversos meios de comunicação e informação, ter como objetivo principal a promoção da saúde e a educação alimentar e nutricional, de forma crítica e contextualizada e com respaldo técnico-científico.


Isto é, estar constantemente atualizado com as evidências científicas da sua área de atuação, seja nutrição esportiva, clínica, saúde pública ou alimentação coletiva, é imprescindível para que o nutricionista divulgue em suas redes conteúdos que possam contribuir com conhecimento sobre o tema para seus seguidores, sem ocasionar nenhum risco, como transtornos causados por modismos alimentares.

ESPERA, AINDA TEM MAIS!

É vedado ao nutricionista, mesmo com autorização concedida por escrito, divulgar imagem corporal de si ou de terceiros, atribuindo resultados a produtos, equipamentos, técnicas, protocolos, pois podem não apresentar o mesmo resultado para todos e oferecer risco à saúde.


Isso se refere a condutas inadequadas que vemos alguns profissionais adotando ao postarem imagens de antes e depois de seus pacientes, utilizando mudanças na composição corporal de um indivíduo como propaganda de que o mesmo possa ser obtido por novos pacientes.

SOBRE A ÉTICA NA NUTRIÇÃO ESPORTIVA

 

Codigo de Etica do Nutricionista

Na área de nutrição esportiva, isso merece ainda maior atenção, ao considerarmos que cada modalidade esportiva requer um tipo de composição corporal diferente compatível com o melhor desempenho naquela modalidade esportiva.

E ainda ao tentar seguir estratégias alimentares adotadas por atletas e atingir a mesma composição corporal destes, indivíduos desportistas podem sofrer agravos a saúde e lesão, lembrando que as demandas e capacidades de atletas de alto nível são muito diferenciadas da população em geral.

Ainda, é vedado ao nutricionista prescrever, indicar, manifestar preferência ou associar sua imagem intencionalmente para divulgar marcas de produtos alimentícios, suplementos nutricionais, fitoterápicos, utensílios, equipamentos, serviços, laboratórios, farmácias, empresas ou indústrias ligadas às atividades de alimentação e nutrição de modo a não direcionar escolhas, visando preservar a autonomia dos indivíduos e coletividades e a idoneidade dos serviços.

Acompanhar constantemente as atualizações científicas sobre a evidência desse tipo de produto, faz com que o profissional tenha autonomia e domínio para prescrever por exemplo o composto ativo, nome do suplemento, composição e quantidades necessárias para cada aplicação, não seguindo propostas de empresas fabricantes de suplementos e outros produtos. Isso faz com que a sua prescrição seja mais individualizada adequada ao seu cliente.

E quando houver necessidade de mencionar as marcas de produtos, empresas ou indústrias, o nutricionista deverá apresentar mais de uma opção ao seu cliente, quando disponível.

Manter-se atualizado com as evidências científicas é fundamental para o sucesso sustentável de qualquer profissional Saiba mais sobre os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu oferecidos pela Universidade Paulista – UNIP em parceria com Nutrir Educacional, CLIQUE AQUI.

Fonte: Conselho Federal de Nutricionistas. Código de Ética do Nutricionista, 2018. Disponível em: http://www.cfn.org.br/wp-content/uploads/2018/04/codigo-de-etica.pdf

WhatsApp Nutrir Educacional
Enviar